The Week

Paridade absoluta de género no GUE/NGL

Sex, 13/06/2014 - 15:16

O Grupo da Esquerda Unitária/Esquerda Verde Nórdica (GUE/NGL) para a oitava legislatura do Parlamento Europeu terá paridade absoluta de género: 26 homens e 26 mulheres, de acordo com a  composição oficialmente anunciada.

“A igualdade de género é uma prioridade chave para a esquerda, e o grupo agora alargado do GUE/NGL continuará a lutar pela igualdade de género e os direitos das mulheres através da Europa”, salienta o comunicado do grupo no qual é anunciada a composição.

O grupo integra 18 organizações políticas e um independente de 13 dos 28 países da União Europeia.

É a seguinte a constituição do GUE/NGL para os trabalhos parlamentares que vão iniciar-se em plenário a 1 de Julho, em Estrasburgo: Takis Hadjigeorgiou e Neoklis Sylikiotis (Partido dos Trabalhadores, comunista, AKEL – Chipre);  Kateřina Konečná, Jiří Maštálka e  Miloslav Ransdorf (Partido Comunista da República Checa – República Checa); Rina Ronja Kari (Movimento Popular contra a UE – Dinamarca); Merja Kyllönen (Aliança de Esquerda – Finlândia);  Patrick Le Hyaric, Jean-Luc Mélenchon, Younous Omarjee e  Marie-Christine Vergiat (Front de Gauche, Frente de Esquerda – França); Gabi Zimmer,  Thomas Händel, Cornelia Ernst, Helmut Scholz, Sabine Lösing, Fabio De Masi e Martina Michels (Die Linke, A Esquerda – Alemanha); Stefan Bernhard Eck (Partido Humanista, Ambientalista e da Protecção dos Animais – Alemanha);  Manolis Glezos, Sofia Sakorafa, Dimitris Papadimoulis, Konstantina Kuneva, Giorgos Katrougalos e Konstantinos Chrysogonos (Syriza – Grécia);  Martina Anderson, Liadh Nì Riada, Lynn Boylan e Matt Carthy (Sinn Fein – Irlanda), Luke Ming Flanagan (independente – Irlanda); Eleonora Forenza, Curzio Maltese e Barbara Spinelli  (A Outra Europa com Tsipras – Itália);  Cornelis de Jong e Anne-Marie Mineur (Partido Socialista – Holanda); Anja Hazekamp (Partido dos Animais – Holanda); João Ferreira, Inês Zuber e Miguel Viegas (Partido Comunista Português, PCP – Portugal); Marisa Matias (Bloco de Esquerda – Portugal);  Willy Meyer, Paloma Lopez, Marina Albiol, Lidia Senra e Ángela Vallina (Esquerda Plural, IP – Estado Espanhol); Pablo Echenique Robba, Pablo Iglesias Turrión, Carlos Jiménez Villarejo, Teresa Rodríguez-Rubio e Lola Sánchez Caldentey (Podemos – Estado Espanhol); Josu Juaristi (Bildu – País Basco – Estado Espanhol); Malin Björk Partido da Esquerda – Suécia)

 

 

 

Redes Sociais
Opinião