The Week

GUE/NGL exige o fim das perseguições sindicais pelo Estado espanhol

Qui, 12/06/2014 - 15:12
Pela libertação de Carmen e Carlos

A Esquerda Unitária no Parlamento Europeu exige a libertação dos sindicalistas espanhóis presos e condena a “perseguição que está a sofrer o sindicalismo no Estado espanhol”.

O texto de solidariedade foi aprovado pelo GUE/NGL na sua composição para a nova legislatura do Parlamento Europeu, com 52 eurodeputados contra os 35 da legislatura anterior.

A proposta foi apresentada pelo grupo da Esquerda Plural e denuncia que  “no Estado espanhol assistimos muito preocupados a uma criminalização do exercício de direitos tão básicos como a participação em greves, que se traduz no encarceramento de mais de cem sindicalistas devido à sua actividade em defesa dos direitos dos e das trabalhadoras”.

O GUE/NGL junta-se, deste modo, “às demonstrações massivas de solidariedade que exigem a liberdade” para os sindicalistas Carlos e Carmen, detidos por participarem numa greve geral. O grupo exige também “o fim de todos os procesos abertos contra sindicalistas no Estado espanhol”.

Redes Sociais
Opinião