Notíciário

Violência policial provoca feridos em Bruxelas

Sex, 04/04/2014 - 20:34
François Lenoir (Reuters)

Episódios de violência registados na sequência de a polícia belga ter montado guarda a edifícios diplomáticos e da União Europeia perante uma manifestação pacífica pan-europeia em Bruxelas provocaram cerca de 30 feridos, nove dos quais hospitalizados.

 

Os incidentes registaram-se depois de o gigantesco dispositivo policial ter recorrido a canhões de água e gases lacrimogénios para alegadamente defender a Embaixada dos Estados Unidos e edifícios do Bairro Europeu, na zona de Schumman.

Na manifestação, convocada pela Confederação Europeia de Sindicatos (CES), participaram cerca de 50 mil pessoas de 21 países. A convocatória foi subscrita por 12 organizações sindicais, entre as quais a portuguesa UGT.

Segundo algumas agências noticiosas, designadamente a espanhola EFE, que recorrem a fontes das seguranças dos edifícios, terão sido representantes dos estivadores de Antuépia e Gand a lançar objectos contra instalações de entidades oficiais ou a tentar entrar nesses espaços.

De acordo com organizadores do desfile, terá havido alguns actos isolados de sectores de manifestantes perante o enorme dispositivo policial montado, mas a esmagadora maioria dos participantes respeitaram o carácter pacífico do protesto.

Bernardette Ségol, secretária geral da CES, lamentou que os “responsáveis europeus não queiram escutar uma mensagem simples: as políticas para responder à crise são insuficientes e agravaram a crise económica e social; a nossa mensagem é que a austeridade não funciona”.

 

 

Opinião
Redes Sociais